Conheça os 9 melhores vinhos para tomar na primavera


Conheça os 9 melhores vinhos para tomar na primavera

A primavera é a meia-estação em que as árvores florescem e o clima começa a esquentar. Nessa condição, os vinhos que melhor simbolizam a estação são os rosés e os espumantes, principalmente — mas os brancos e tintos mais leves não devem ser deixados de lado.

vinho rosé é caracterizado pelo seu frescor e harmoniza muito bem com o clima ensolarado. Já os espumantes são opções leves e com acidez. Confira, em detalhes, os melhores vinhos da Casa Valduga e da Domno Importadora para apreciar na primavera!

1. Naturelle Rosé Suave

Naturelle Rosé Suave representa o perfeito equilíbrio entre a leveza e o paladar adocicado, combinando muito bem com doces, frutas, sobremesas, queijos azuis e pratos leves. É um vinho muito fácil de beber, pois é leve e saboroso.

Sua coloração é um rosado intenso e brilhante. Os aromas primários remetem a notas de frutas frescas como goiaba, morango, pêssego, cereja e leve nuance floral. No paladar, a acidez e o dulçor entram em harmonia, acrescentados de uma leve efervescência.

Dica: 10 dicas de harmonização de vinho rosé

2. Terroir Pinot Noir

A busca constante pela verdadeira personalidade de cada parcela de solo nos estimula a buscarmos os melhores resultados. A Linha Terroir surgiu da compreensão de que a base do vinho está conectada ao solo, clima, relevo e constante mudança dos ventos.

Seu bouquet complexo lembra frutas maduras como morango e cereja, aliados a aromas de marmelo e notas concedidas pelo carvalho, como tabaco, anis e um leve toque mentolado. Na boca, tem taninos macios e excelente acidez, resultando em um vinho leve e fresco, de retrogosto essencialmente frutado.

A harmonização é simples, pois combina bem com pratos simples, como vegetais cozidos, risotos, carnes assadas e peixes como atum ou salmão.

3. Espumante Gran Extra Brut

Para quem aprecia grandes Cuvées, os 60 meses de autólise de leveduras do Gran Extra Brut resulta em um espumante marcante, rico e expressivo. De coloração dourada, perlage fino e inebriante, apresenta bouquet complexo e incomparável.

O caráter de evolução se expressa de forma singular, remetendo a especiarias finas, por vezes com notas de amêndoas e flores secas. Nuances de frutas secas completam o fascinante perfil aromático desse espumante.

Devido ao longo período de maturação, apresenta excelente acidez e resulta em fantástica cremosidade, com sabor amplo e intenso. A fusão de todas as características faz surgir um espumante raro e de perfil único, que acompanha bem ostras, lagostas, massas com molhos brancos e queijos de maturação média.

4. Leopoldina Terroir Merlot Rose

Esse vinho recebe o primeiro nome que o Vale dos Vinhedos teve durante o período imperial brasileiro. Com isso, o objetivo da Casa Valduga é homenagear o período de bravura dos primeiros imigrantes.

O vinho tem coloração vermelho cereja e intensidade aromática marcante. As notas de frutas vermelhas maduras, como morango, framboesa e cereja são nítidas. O ataque inicial demonstra todo o seu frescor e avança no paladar exibindo excelente cremosidade, com conjunto aveludado e longa persistência.

Experimente harmonizá-lo durante a primavera com ostras frescas, culinária japonesa, saladas, fettuccine com frutos-do-mar, risoto de camarão e peixe grelhado.

Já conhece todos os rótulos da Famiglia Valduga? Acesse nossa loja online e confira!

Adquira os vinhos da Famiglia

5. Espumante 130 Brut Blanc de Noir

O espumante 130 Brut Blanc de Noir apresenta a mais elegante expressão do varietal. Elaborado com uvas Pinot Noir de safras especiais, por meio do método champenoise, passa por autólise de levedura por 36 meses.

Apresenta coloração amarelo-palha e delicado perlage. O bouquet é complexo e autêntico, com notas de framboesa e amora. A intensidade da cepa resulta em um espumante robusto, com excelente cremosidade e frescor.

Harmoniza bem com aves, caponata de berinjela, carnes assadas, lagosta na manteiga de ervas e penne ao molho de salmão.

6. Espumante Arte Brut Rosé

Esse espumante é elaborado com uma harmônica composição de 60% da variedade Chardonnay e 40% de Pinot Noir. Apresenta atraente cor rosa salmão e perlage fino e abundante.

Seu incomparável aroma destaca notas florais, com nuances de frutas tropicais, como pêssego e amora, e pão tostado. Com acidez vibrante, frescor e excelente final de boca que valorizam a jovialidade do espumante.

Experimente harmonizá-lo com sabores levemente picantes, pratos à base de peixe e carnes brancas, canapés variados e molhos leves.

7. The Crossings Sauvignon Blanc

Com elegância diferenciada, The Crossings Sauvignon Blanc expressa marcante aroma mineral e toque frutados, características que tornam os vinhos do vale Awatere únicos e excepcionalmente vibrantes.

Sua coloração remete ao amarelo-palha límpido e brilhante. No paladar, apresenta notas frutadas que aparecem desde o primeiro momento, além de fresca acidez e retrogosto delicadamente mineral.

É um vinho que harmoniza bem com frutos-do-mar, ostras ao bafo e risoto de camarão.

Dica: Conheça os 4 principais vinhos da Nova Zelândia

8. Casas Del Bosque Pinot Noir

Para os apreciadores de vinhos nos quais a fruta se apresenta de forma viva e abundante, Casas Del Bosque Pinot Noir é um verdadeiro reflexo do varietal. Apresenta um estilo fresco, mas sempre elegante.

Chileno e elaborado na região do Valle de Casablanca, apresenta em seu visual uma coloração vermelho grená, com transparência. No aroma, revela vibrantes notas de cereja, morango e amora, envoltas por uma delicada nuance de especiarias. No paladar é equilibrado e frutado, com taninos macios.

Experimente harmonizá-lo com massas ao molho de tomate, carne de aves e carpaccio.

9. Namaqua Merlot

Namaqua revela a sua verdadeira essência e é um vinho para todos os momentos. Elaborado com uvas Merlot, apresenta uma coloração vermelho rubi intenso, límpido e brilhante. Seu aroma é intenso e marcante, revelando notas de frutas vermelhas e negras maduras, como cereja e amora.

O paladar é elegante e consistente, resultado de taninos plenamente maduros combinados com o delicado perfil frutado. É proveniente da África do Sul, na região de Matzikama. Combina bem com chocolates com alto teor de cacau, carnes vermelhas com vegetais grelhados e massa ao molho de tomate.

A temperatura dos vinhos é muito importante, pois pode interferir no sabor. Como estamos em um clima tropical, a primavera costuma ter alguns dias mais quentes, por isso, servir o vinho em temperatura ambiente não é a melhor opção. O ideal é manter os rosés e espumantes resfriados de 6 a 8 °C. 

Quer deixar a sua experiência com vinhos ainda melhor? Então, complemente a leitura e confira nosso passo a passo para fazer uma degustação de vinhos!

Confira na loja online, todos os nossos produtos!

Conheça mais sobre os produtos da Famiglia




Por
19/11/2019

Enólogo e Embaixador da Marca


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!