Como saber qual estilo de vinho que mais combina comigo?


Como saber qual estilo de vinho que mais combina comigo?

Quem está começando a apreciar bons vinhos não sabe ao certo as diferenças que há entre eles. Com isso, surge uma dúvida na hora de comprá-los: como saber qual estilo de vinho que combina mais comigo?

Então, para que você possa ter o prazer de degustar uma bebida que agrade ao seu paladar, preparamos este post. Nele, você vai aprender as particularidades e sensações de diversos estilos de vinhos. Além de conferir como a escolha de um bom rótulo diz muito sobre a sua personalidade. Vamos lá!

Quais são os fatores que interferem no sabor dos vinhos?

O vinho pode ser classificado de diversas formas, porém, a coloração, graduação alcoólicatipos de uva e teor de açúcar são as mais usuais. Por isso, antes de conhecermos os seus estilos vamos entender melhor esses fatores que influenciam no momento da degustação.

Coloração

A coloração está relacionada com a variedade de uva utilizada na elaboração da bebida, bem como o tempo em contato com as cascas da fruta e a região produtora. Basicamente, são três classificações de acordo com a cor do líquido: tinto, branco e rosé. É importante salientar que é proibido adicionar corantes no vinho, sendo sua cor extraída somente da matéria-prima, neste caso, a uva.

Dica: Afinal, o que são castas de uva?

O vinho tinto é, obrigatoriamente, resultante de uvas tintas. O branco pode ser elaborado tanto com uvas brancas, quanto com tintas, desde que a casca da fruta não permaneça em contato com o líquido. Já o rosé pode ser obtido através do breve contato das cascas da uva, não ultrapassando algumas poucas horas, ou mesmo ser proveniente do corte entre vinhos brancos e tintos, culminando em uma linda coloração rosada

Graduação alcoólica

A graduação varia de acordo com o perfil da bebida. De maneira geral o teor alcoólico dos vinhos varia entre 10 e 14% e podemos encontrar grandes vinhos nas mais variadas categorias. A concentração de álcool do vinho está relacionada ao teor de açúcar presente nas uvas, quanto mais doce, maior será a porcentagem de álcool. Há exceções, como alguns vinhos licorosos, onde o álcool é adicionado posteriormente. 

Vinhos mais leves e refrescantes, como espumantes e rosés, possuem menor concentração alcoólica, tendo em vista que o excesso de álcool poderia deixar a bebida pesada e desequilibrada. Vinhos tintos leves também não precisam de tanto álcool, contudo, se você prefere vinhos mais encorpados, escolha rótulos mais alcoólicos. Mas lembre-se, nem todo vinho com muito álcool é encorpado, pois existem diversos fatores que influenciam nessa característica.

Tipo de uva

As principais variedades de uvas são: Cabernet Sauvignon, Merlot, Tannat, Pinot Noir, Syrah e Malbec, isso quando nos referimos às uvas tintas. No caso das brancas, as mais facilmente encontradas são: Chardonnay, Sauvignon Blanc, Riesling, Gewurztraminer, Torrontés e Moscato.

O tipo de uva influencia diretamente no sabor da bebida e não existe mistério para descobrir a característica de cada uva, contudo, somente a prática leva a perfeição. Se proponha a degustar os mais variados estilos e tire

Teor de açúcar

Se algo pode modificar drasticamente a característica final do vinho é quantidade de açúcar residual na bebida. De acordo com esse fato, o produto é classificado em seco quando contém até 4 g/l. Se contiver de 4,1 a 25 g/l, será um demi-sec.

Já os vinhos que contêm mais de 25 gramas de açúcar por litro são intitulados como suaves. Contudo, a percepção de doçura dependerá da quantidade de acidez presente na bebida e na temperatura que a mesma será consumida.

Dica: Qual a importância da acidez no vinho?

Neste tópico abordamos a concentração de açúcar específica para vinhos tranquilos, ou seja, aqueles que não apresentam gás carbônico em sua composição. Para espumantes, as classificações são muito distintas e você pode conferi-las aqui

É muito importante sabermos que cada país tem uma classificação específica para cada estilo de vinho e que no momento em que realizamos a importação de determinado rótulo, devemos "nacionalizá-lo" de acordo com a nossa legislação. Melhor exemplo disso são alguns exemplares italianos e alemães que no Brasil são classificados como demi-sec, pois no seu país de origem é permitido ter algumas gramas a mais de açúcar e continuar a ser classificado como vinho seco. Curioso, não?

Qual é a relação dos vinhos com as personalidades?

Você já deve ter percebido que o mundo dos vinhos é infinito e que nunca saberemos tudo, sempre há o que aprender e isso é o mais divertido. Elencar os vinhos que mais nos agradam muitas vezes não tem relação com a "qualidade técnica" do produto, pois gosto é algo muito particular e como seres em constante mutação, nosso paladar vai sendo modificado ao longo da vida. Contudo, de uma coisa temos certeza, o vinho que mais gostamos é um reflexo do nosso jeito de viver e também do meio em que estamos inseridos. 

Dica: Como abrir vinhos sem saca-rolhas? Veja 5 dicas práticas e infalíveis

Até hoje, muitos consumidores segmentam os vinhos por gênero, onde acreditam que os vinhos mais leves, delicados e doces são preferências femininas e os vinhos intensos, marcantes e secos são a escolha dos homens. Grande engano! A escolha do vinho depende do hábito de consumo, ou seja, se uma mulher está acostumada a consumir vinhos secos e tânicos, de certa forma ela terá resistência em consumir bebidas mais adocicadas, acontecendo o mesmo caso com o público masculino. Então, esqueça aquela história de vinhos para meninas e vinhos para meninos e divirta-se com o leque de opções

Polêmicas à parte, vamos descobrir qual vinho combina mais com a sua personalidade? De acordo com um estudo da empresa French Wines With Style, os consumidores de vinho branco tinto e rosé têm características marcantes e distintas entre si. Confira!

Consumidores de vinho tinto

Os amantes de vinho tinto são mais confiantes, bem-sucedidos e inteligentes, além de serem mais descontraídos e menos impulsivos. Costumam ser pessoas casadas e felizes em seus relacionamentos, formadas e que consomem regularmente esse tipo de bebida.

Consumidores de vinho branco

Os consumidores de vinho branco são mais ligados à carreira e trabalham muito, pois desejam crescer profissionalmente. São consideradas pessoas mais tímidas, reservadas, práticas e brilhantes. Também são, na maioria, solteiros e valorizam as amizades.

Consumidores de vinho rosé

Esses consumidores são os opostos dos anteriores. São pessoas extremamente extrovertidas e facilmente se relacionam com as pessoas ao seu redor. Eles se julgam mais charmosos, calorosos e barulhentos. Por conta disso, tendem a ser os mais jovens e solteiros.

Agora que você já tem uma ideia de qual vinho combina mais com a sua personalidade, confira os vinhos da Famiglia Valduga e encontre o seu!

Adquira os vinhos da Famiglia

Os aromas e sabores encontrados nos vinhos revelam muito sobre uma pessoa. Qualquer que seja o seu "perfil etílico", você encontrará vinhos excepcionais e de alta qualidade que satisfaça as suas preferências.

Depois de aprender a como escolher o estilo de vinho que mais combina com você, assine a nossa newsletter e receba mais informações sobre o mundo da enologia para aprender mais sobre essa bebida fantástica e milenar. 




Por
30/05/2019

Enólogo e Embaixador da Marca.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!