Conheça as principais características da uva Tannat


Conheça as principais características da uva Tannat

Quem não provou, certamente já ouviu falar na uva Tannat. Nos últimos anos diversos consumidores de vinhos se renderam aos encantos da intensa casta européia. De origem francesa, seu nome revela muito de sua identidade, onde Tannat faz referência direta aos marcantes e numerosos taninos, que ganham o coração daqueles que adoram vinhos de personalidade forte.

Atualmente é reconhecida com a uva símbolo do Uruguai, onde também é chamada de Harriague. Devido sua alta concentração de taninos, é amplamente utilizada em cortes, geralmente com as famosas Merlot, Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon, onde geralmente resulta em exemplares ricos em aromas e sabores, buscando sempre deixá-la mais delicada. Outra forma de suavizar seus taninos é a clássica passagem por barricas de carvalho, onde diversas reações ocorrerão para que o resultado possa ser o mais equilibrado possível. 

Continue a leitura e conheça mais sobre a uva Tannat e suas características!

História da uva Tannat

A variedade Tannat é proveniente da França, mais precisamente de uma região localizada próxima aos Pirineus, chamada Madiran. Porém, foi no Uruguai que a uva ganhou notoriedade, mas também sendo cultivada em outros tantos lugares do mundo.

A fruta chegou ao país sul-americano por volta de 1870, levada por imigrantes franceses. Don Pascual Harriague foi o responsável por plantar as primeiras mudas no território uruguaio. Na região, a Tannat adaptou-se perfeitamente ao terroir, tornando-se um grande símbolo das vinícolas do país.

No entanto, apenas 200 anos depois, a produção comercial da fruta ganhou impulso no Uruguai. Hoje, a uva Tannat é uma das castas mais importantes para a produção de vinhos do país e vem ganhando destaque em diversos concursos internacionais. 

A região francesa onde a Tannat se originou é completamente diferente do Uruguai, o que resulta em características distintas nos vinhos. No Uruguai, o clima é temperado e com temperaturas mais baixas durante a noite. O motivo para isso é a influência dos rios Uruguai e da Prata, além do Oceano Atlântico. Essa oscilação de temperatura permite vinhos mais estruturados e com taninos mais macios

Mas não pense que é somente na França e no Uruguai que a Tannat se desenvolve plenamente. No sul do Brasil, mais especificadamente na região da Campanha Gaúcha, diversas vinícolas estão investindo massivamente na implantação de vinhedos de alto padrão. 

Dica: É tempo de vindima: saiba como é o período de colheitas das uvas em solo brasileiro

Principais características da uva

Os cachos da uva Tannat têm tamanho médio a grande, são compactos e cilíndricos. Os frutos (bagas) têm tamanho pequeno a médio, sendo ligeiramente alongados. O grande destaque é a concentração de cor em sua casca e também na polpa da fruta, justificando a intensa coloração violácea que caracteriza os vinhos elaborados com ela. Em relação ao tempo necessário para sua maturação, possui um ciclo médio, podendo adaptar-se a diversas regiões e ser colhida no ponto ideal de maturação

Essa é uma das variedades mais ricas em polifenóis — uma categoria de compostos bioativos encontrados em alguns vegetais. Eles apresentam importantes propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

O resveratrol é mais importante polifenol encontrado nas cascas e nas sementes das uvas, principalmente das tintas. A substância reduz a ação dos radicais livres no organismo e impede a atividade de enzimas que podem prejudicar células saudáveis. Por isso, o vinho é uma bebida que faz muito bem para a saúde.

Particularidades dos vinhos Tannat

Em geral, o vinho elaborado em território uruguaio é mais frutado e menos rústico do que o francês, devido ao clima e solo locais. Entretanto, ele ainda mantém as características de taninos firmes, cor escura, teor alcoólico médio e afinidade com o carvalho.

No Brasil, a região da Campanha Gaúcha localiza-se a sudoeste do estado do Rio Grande do Sul e faz fronteira com o Uruguai. A combinação dos verões quentes com dias ensolarados, do solo sedimentar e do relevo em forma de coxilhas resulta em vinhos de grande complexidade e notável equilíbrio.

Como já comentamos no início do texto o próprio nome sugere que a Tannat possui uma elevada carga tânica. Então, quando for degustar um exemplar desta casta, sempre espere um vinho com boa estrutura e que muitas vezes pede um alimento mais gorduroso para acompanhar.

Lembre-se, os taninos dão estrutura ao vinho tinto, fazendo parte do que chamamos de corpo da bebida, porém, o excesso dessa substância pode conferir uma sensação adstringente exacerbada, podendo tornar-se desagradável. Por isso, a constante presença de acidez e álcool na medida certa farão do produto um sucesso no momento da degustação

Outra característica que não podemos deixar de citar são os seus acentuados aromas, apresentando muitas frutas negras maduras, mas sempre com um toque que remete a couro ou especiarias, complementando o produto e aumentando sua complexidade. Quando estagia em barricas de carvalho, possui uma tendência voltada as notas de café, cacau, tabaco, entre outros aromas.

Confira todos os rótulos elaborados com a uva Tannat da Famiglia Valduga!
adquira os vinhos da Famiglia

Rótulos para conhecer

Existem muitos rótulos interessantes de Tannat, sejam varietais e de corte, que podem ser apreciados em diversas situações. Veja algumas das melhores opções que preparamos para você.

Terroir Exclusivo Tannat

Terroir Exclusivo é um vinho tinto seco elaborado 100% com a casta Tannat, com 8 meses de maturação em carvalho francês e evolução de 12 meses em cave. Apresenta coloração rubi intenso e profundo.

TERROIR EXCLUSIVO TANNAT
Clique na imagem e confira mais detalhes do produto!

O tempo em barricas proporciona grande complexidade aromática para a bebida, com notas de baunilha e couro, associadas às nuances de frutas negras e vermelhas, representando a plena maturação da fruta. No paladar, os taninos apresentam-se firmes e sustentam a acidez, o que garante uma longa persistência.

Gran Corte Raízes

Proveniente de Campanha Gaúcha, o vinho tinto seco Gran Raízes da Casa Valduga é elaborado a partir das uvas Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Tannat. A bebida passa por 12 meses de maturação em barris de carvalho francês, apresentando-se límpida e brilhante, com coloração intensa.

GRAN RAÍZES CORTE
Clique na imagem e confira mais detalhes do produto!

Sua grande complexidade aromática revela nuances de café, especiarias e frutas maduras, como ameixa e amora. O aroma evolui na taça e reflete novas notas durante a experiência sensorial. O assemblage resulta em grande equilíbrio, culminando em um vinho macio e amplo, potente e com longa persistência.

Bracco Bosca

Os melhores vinhos da Bracco Bosca são importados para o Brasil pela Domno Importadora. A vinícola familiar uruguaia foi fundada em 2005 e é conhecida pelos seus clássicos exemplares de Tannat.

OMBU RESERVE TANNAT
Clique na imagem e confira mais detalhes do produto!

Aqui temos ótimos representantes dos vinhos com influência marítima, pois os vinhedos da família Bracco Bosca estão localizados à 8 km do encontro entre o Rio de la Plata e do Oceano Atlântico. 

Amauta Absoluto

O vinho argentino Amauta Absoluto Tannat surgiu da individualidade do terroir de Cafayate. O processo de elaboração da bebida busca refletir as características genuínas da região e mostrar com autenticidade de onde vem.

AMAUTA ABSOLUTO TANNAT
Clique na imagem e confira mais detalhes do produto!

De cor vermelho rubi intenso, seu aroma remete a frutas vermelhas maduras e especiarias, com notas de figos, eucalipto e delicada presença mentolada. Com taninos maduros, intensos e firmes, tem volume e acidez balanceada, proporcionando um final longo e marcante.

El Porvenir Icone

Outra excelente opção argentina é o El Porvenir Icone 2014. Esse exemplar é um corte de, pelo menos, quatro variedades de uvas tintas que podem variar a cada ano, e neste caso, a Tannat desempenha um papel fundamental no vinho. O objetivo é escolher os melhores vinhos de cada safra para compor a bebida.

EL PORVENIR ICONE 2014
Clique na imagem e confira mais detalhes do produto!

O aroma remete a frutas negras e vermelhas perfeitamente maduras, como cerejas e framboesas. Também aparecem toques de cassis, figos secos e ameixa. A presença da madeira aporta delicadas notas de defumado, baunilha e café. No paladar, tem ataque marcante, com acidez dando lugar para os taninos firmes e robustos.

Os vinhos elaborados com a uva Tannat têm um sabor mais marcante e taninos elevados, por isso, harmonizam perfeitamente com carnes mais gordurosas — por esse motivo são muito apreciados em churrascos. Experimente também com pratos mais encorpados e condimentados, ou mesmo queijos maduros. Na sobremesa, procure harmonizar as bebidas com doces à base de chocolate amargo.

Gostou de conhecer mais sobre a uva Tannat e seus vinhos? Então, não deixe de complementar a leitura e conheça tudo o que você precisa saber sobre a uva Merlot!




Por
07/02/2019

Enólogo e Embaixador da Marca.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!