6 motivos para conhecer a região de Champagne na França


6 motivos para conhecer a região de Champagne na França

Falar de vinhos geralmente exige entender a alma da bebida. As uvas, o produtor, os processos, as garrafas, as rolhas e a apreciação são elementos indissociáveis do ato de beber.

Entre os termos mais valorizados ao universo dos vinhos, está o efeito terroir, que pode ser exemplificado por um bom vinho da região de Champagne, na França. Veja alguns motivos pelos quais você deveria planejar uma viagem para lá!

1. Terroir

O efeito terroir compreende além das peculiaridades geográficas, características climáticas e culturais que determinado vinho carrega. Todos são únicos devido à convergência de tempo e espaço no qual foram produzidos. Quer dizer que é impossível que haja outro Champagne sem ser o produzido nessa região.

2. Enoturismo

O enoturismo é uma tendência mundial para aqueles que amam a bebida de Baco. Conhecer lugares, vinícolas e apreciar vinhos onde são produzidos é, sem dúvidas, uma experiência transcendental.

Nesse recanto da França, você aproveita para conhecer as famosas Caves de Champagne. Há cerca de 250 quilômetros de construções subterrâneas que datam do século IV e armazenam os vinhos produzidos ali.

Os franceses brincam dizendo que a região parece um queijo gruyère, por causa das caves no subsolo. Elas estão abertas aos turistas e você certamente se surpreenderá com a beleza e o requinte!

3. Geografia

A região de Champagne-Ardenne também atrai muitos turistas devido à proximidade com Paris. Situada ao leste da capital francesa, ela é dividida em quatro departamentos: Aube, Ardenas, Alto Marne e Marne.

Dica: Afinal, o que é que tem em Champagne?

Quem vem de Paris pode chegar à Champagne em aproximadamente duas horas de carro. Ainda há trens de alta velocidade que podem levar você em apenas 45 minutos. É possível fazer uma viagem rápida e fugir das grandes massas de turistas.

A fronteira com a Bélgica, ao norte, também pode incluir a região de Champagne na rota de uma eurotrip.

4. História

Esse pedacinho da França foi uma das regiões mais povoadas do Império Romano por causa da atividade comercial. Séculos mais tarde, durante a Idade Média, ficou conhecida pelas suas feiras de rua, populares em toda a região que hoje corresponde ao território francês.

Além disso, a cidade de Reims, atual capital da região, se tornou importante por ter sido a sede da coroação de nada menos que 33 reis franceses. É muita história que resulta numa arquitetura singular — o que nos leva diretamente ao próximo motivo para você conhecer Champagne!

Dica: A história do vinho no mundo: entenda como esta bebida colonizou os continentes

5. Arquitetura

Ainda em Reims está uma das edificações góticas mais importantes da França. A Catedral de Notre-Dame de Reims ostenta sua beleza há 800 anos. Na cidade de Troys, você ainda encontra construções no estilo romano, como a Basílica Saint Urbaine.

Mais ao sul da região, você certamente fará uma viagem no tempo com a arquitetura medieval da cidade de Langres. Lá está o Castelo de Sedan, a maior fortaleza medieval da Europa! É um prato cheio para os apaixonados pela história viva.

6. Paisagens deslumbrantes

Traçar a Rota dos Vinhos de Champagne é uma opção interessante para os enófilos mais aplicados. São 600 km que passam por cerca de 80 produtores locais. Além dos infinitos aromas e sabores, os turistas certamente se encantarão com as paisagens verdejantes das videiras.

A região também conta com parques naturais que oferecem alternativas de ecoturismo. A Floresta d’Orient permite a prática de esportes náuticos em lagos e alguns quilômetros de trilhas, por exemplo.

Não faltam motivos para você conhecer a região de Champagne na França nas próximas férias, não é mesmo? Curta nossa página no Facebook e receba ainda mais dicas sobre enoturismo!

Clique  no banner abaixo e adquira agora o seu vinho da Famiglia!

Adquira os vinhos da Famiglia!



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!