3 receitas de Focaccia para harmonizar com vinhos


3 receitas de Focaccia para harmonizar com vinhos

Quando você está desenvolvendo suas habilidades culinárias, seja para melhorar a sua alimentação, seja pelo seu interesse em gastronomia, é normal que surjam dúvidas sobre alimentos mais práticos e saborosos, ideais para aqueles lanches no final da tarde, por exemplo, e que também funcionem como aperitivos ao receber convidados. É justamente aí que vem à sua mente um tipo de pão que vai bem com ambos os momentos: a Focaccia.

"Mas, afinal, como prepará-la? Quais ingredientes posso usar para diversificar a massa? Quais vinhos podem ser harmonizados com ela?", você deve estar se questionando. Pensando nessas perguntas, preparamos um post especial que explica tudo o que é preciso saber sobre a Focaccia e, de quebra, responde a todas as suas dúvidas sobre esta clássica iguaria italiana. Acompanhe!

Um pouco da história da Focaccia

A Itália, tão conhecida por dar fama às deliciosas massaspizzas para todo o mundo, também é o lugar que originou diversos tipos de pães, como o Ciabatta, o Filoncino, o Panettone e o de Altamura. Porém, um deles merece destaque especial: a Focaccia, que surgiu em meados do século XVI na região de Gênova, no norte do país.

Isso porque há muitos anos atrás, a maior parte da população nem sempre tinha muitas opções de comida. Como resultado, o pão se tornou um alimento bastante popular entre os italianos, sendo usado em diversas refeições e, inclusive, recebendo variações que simplificassem a forma de fazê-lo. Com o tempo, não demorou para que a receita da Focaccia se popularizasse devido à sua facilidade de produção. Afinal, a mesma só leva cinco ingredientes: água, farinha de trigo, sal grosso, azeite e alecrim.

Dica: Sabores sem igual: saiba como harmonizar azeite e vinho

Para completar, o formato achatado e extenso do pão — que permite o fácil manuseio — e a massa rica em carboidratos provenientes do trigo o tornaram um acompanhamento perfeito para o vinho. Isso porque esta iguaria é prática de ser consumida e ainda reduz a ação do álcool no organismo.

De quebra, a base da Focaccia permite o acréscimo de diversos ingredientes, desde molhosqueijos, até legumes e proteína animal, o que a torna um prato completo. Tanto é que ela chegou a ser consumida em larga escala em celebrações religiosas, casamentos, reuniões políticas e eventos artísticos do período.

Hoje, ela é um aperitivo indispensável não só em restaurantes de todo o Ocidente, mas também para quem quer promover jantares em casa para receber os amigos e saborear diferentes vinhos com harmonizações únicas que atiçam a imaginação e levam o paladar ao paraíso.

A forma tradicional de fazer Focaccia

Como dito no item anterior, a Focaccia tradicional é feita a partir da mesma cartela de ingredientes. Logo, é comum que a base dela siga o mesmo preparo, exceto, é claro, as que têm mudanças na receita original. Portanto, o primeiro passo é colocar um pouco de água em fogo brando até que ela fique morna.

Depois, coloque em um recipiente a farinha, o sal e o alecrim. Em seguida, despeje a água na mistura e vá mexendo-a até que "dê liga" e não grude mais em suas mãos. Após a massa ganhar consistência, basta sová-la por cinco minutos e reservá-la por uma hora.

Dica: Você conhece as delícias do restaurante Casa Madeira?

Antes de levá-la ao forno, cubra o fundo da assadeira com papel-manteiga e passe um fio de azeite sobre a superfície. Não se esqueça de colocar azeite sobre a massa de forma generosa e salpicar um pouco de sal grosso. Deixe assar por 25 minutos a 180ºC para, então, poder saborear o pão.

As 3 receitas de Foccacia bem fáceis e deliciosas

Agora que você já conhece a história da Focaccia e, inclusive, já sabe como criar a base clássica dela, chegou a hora de conhecer algumas receitas de aperitivos nutritivos e deliciosos que você pode fazer em casa para diversificar sua alimentação e, de quebra, surpreender as visitas. Confira!

1. Focaccia com gorgonzola e carne de sol

Ingredientes

  • 150 ml de água;
  • 20 ml de azeite virgem;
  • 500 gramas de farinha de trigo;
  • 5 gramas de sal grosso;
  • 1 colher de chá de alecrim;
  • 100 gramas de gorgonzola;
  • 150 gramas de carne de sol desfiada.

Como fazer

Após fazer o preparo da massa tal qual a forma tradicional que explicamos, leve-a ao forno preaquecido a 180ºC. Contudo, não a deixe pelos 25 minutos sugeridos ininterruptos, pois você adicionará uma cobertura de novos ingredientes sobre ela, ok?

Dica: Vinhos e churrasco: como aproveitar ainda mais esta grande combinação!

Por isso, asse-a por 15 minutos retirando-a em seguida para acrescentar o queijo cortado em fatias pequenas e a carne de sol desfiada por toda a base. Depois, leve-a novamente ao forno e espere mais 10 minutos até que o laticínio derreta e fixe a proteína animal ao topo do pão. Isso evitará que, ao ser cortado ou mordido, solte migalhas.

Com qual vinho harmonizar

Como essa Focaccia terá tanto um sabor mais marcante quanto um aroma mais intenso, o vinho tinto com mais estrutura será uma excelente companhia, criando um equilíbrio no seu paladar por meio da acidez da bebida e também pela presença dos famosos taninos. Fora isso, ele harmoniza muito bem com carnes vermelhas.

2. Focaccia com queijo emmental, tomate e azeitonas

Ingredientes

  • 150 ml de água;
  • 20 ml de azeite virgem;
  • 500 gramas de farinha de trigo;
  • 5 gramas de sal grosso;
  • 1 colher de chá de alecrim;
  • 100 gramas de queijo emmental;
  • 2 tomates fatiados em rodelas;
  • 10 azeitonas pretas fatiadas ao meio.

Como fazer

O preparo da massa pode seguir os mesmos passos da Focaccia tradicional, sem problemas. No entanto, é importante ressaltar que a base deve assar por 15 minutos apenas para ganhar uma maior consistência. Passado esse tempo, retire-a do forno.

Dica: Vinhos e alimentos vegetarianos: é possível harmonizar?

A partir daí você deve ralar o queijo sobre o pão e, em seguida, espalhar de forma uniforme as rodelas de tomate e os pedaços de azeitona sobre a massa. Feito isso, volte a assá-lo por mais 10 minutos e ele estará pronto para ser servido.

Com qual vinho harmonizar

Por ser uma Focaccia que leva muitos ingredientes com tendência ácida, como o tomate e as azeitonas, é importante que o vinho compartilhe dessa mesma característica para uma harmonia completa. Por isso, um vinho rosé é a melhor escolha.

3. Focaccia com ervas finas

Ingredientes

  • 150 ml de água;
  • 20 ml de azeite virgem;
  • 500 gramas de farinha de trigo;
  • 5 gramas de sal grosso;
  • 1 colher de chá de alecrim;
  • 1 colher de chá de manjericão;
  • 1 colher de chá de tomilho;
  • 1 colher de chá de louro;
  • 1 colher de chá de orégano.

Como fazer

A Focaccia com ervas finas é uma releitura da massa clássica. Justamente por isso, a base do pão é alterada levando muito mais ingredientes que o habitual. No entanto, não se engane: o preparo dela ainda é bastante similar à tradicional.

Dica: Entenda a relação harmoniosa entre cogumelos e vinhos

Você mistura todos os ingredientes em um recipiente, acrescenta a água morna, sova a massa, deixa-a descansar por 60 minutos e, em seguida, a direciona ao forno pré-aquecido por 25 minutos. Já para servi-la, é interessante combiná-la com pasta de alho ou cogumelos, por exemplo.

Com qual vinho harmonizar

O estilo de vinhos que harmonizam com esse tipo de Focaccia são os brancos secos aromáticos que, por ser delicado na medida certa, ressalta o sabor das ervas e ainda casa muito bem com pastas para pães feitas com ingredientes mais marcantes.

Se quiser saber ainda mais detalhes sobre a harmonização de vinhos, confira nosso Manual Gastronômico clicando no banner abaixo!

Saiba tudo sobre harmonização de vinhos

Como você percebeu, não faltam receitas de Focaccia que você pode fazer no conforto da sua casa e harmonizar com diferentes vinhos. Por isso, experimente as nossas sugestões e prepare aperitivos para os encontros familiares, as reuniões de amigos e os jantares de trabalho que, certamente, deixarão os seus convidados com água na boca!

Para que a experiência fique ainda mais completa, aproveite para conhecer os produtos da Casa Madeira Delicatessen deixando esses momentos ainda mais ricos em sabores e aromas!




Por
23/04/2019

Enólogo e Embaixador da Marca.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!