Quero ter uma coleção de vinhos: por onde começar?


Quero ter uma coleção de vinhos: por onde começar?

Se você sonha em ter uma coleção de vinhos, mas se sente intimidado pelos preços e pela complexidade desse universo, tenha calma. É possível começar uma ótima coleção dando um passo de cada vez.

Para te ajudar a iniciar essa deliciosa jornada, mostraremos neste artigo tudo o que você precisa saber, desde como planejar o espaço, até quais rótulos adquirir primeiro. Preparado? Então continue a leitura e confira!

RAÍZES TERROIR SAUVIGNON BLANC RAÍZES TERROIR CABERNET FRANC 130 ESPUMANTE BRUT 

Clique nas imagens acima e confira mais detalhes dos produtos!

Planeje cuidadosamente o espaço

Antes de tudo, é importante que você saiba que a coleção de vinhos deve ficar em um ambiente com condições apropriadas para manter o sabor e o aroma da bebida.

É preciso que o espaço escolhido não sofra incidência direta de luz natural ou artificial, para que não altere a qualidade do vinho.

Nesse sentido, instalar lâmpadas de LED de modo a iluminar indiretamente o local é uma boa escolha. Elas emitem uma luz mais delicada, criando um clima agradável sem comprometer a qualidade dos vinhos.

A temperatura do local também deve ser observada: o ideal é que nunca ultrapasse 20ºC, nem sofra alterações muito bruscas de temperatura. É importante que sua adega também tenha certa umidade. Um local muito seco pode fazer com que as rolhas fiquem desidratadas, permitindo a entrada de oxigênio nas garrafas.

Dica: 7 mitos sobre o vinho que você precisa parar de acreditar

Por último, mas igualmente importante: procure selecionar um local exclusivo para armazenar suas garrafas, sem contato com outros alimentos e/ou aromas fortes. Assim, você permite que a essência de seus vinhos não se altere por fatores externos.

Pesquise rótulos para sua coleção de vinhos

Agora que você tem um espaço adequado, é hora de pesquisar bons rótulos para compor sua coleção.

Nesse ponto, é interessante que você tenha em mente que, como em qualquer outra coleção, é importante que você não foque somente no valor gasto com as garrafas, mas no significado que cada uma transmite à sua vida. 

Uma lembrança especial, uma data importante, uma viagem inesquecível… Tudo isso agrega valor pessoal às garrafas escolhidas, e a isso não se pode colocar preço.

Também é interessante variar as safras quando comprar várias garrafas de um vinho específico. Assim, você poderá degustar as mudanças de maturação decorrentes do tempo e perceber suas diferenças.

Dica: Guia de compra de vinhos: como não errar na escolha?

Organize os rótulos por longevidade

Depois de adquirir uma quantidade respeitável de rótulos, é interessante organizá-los por longevidade em sua adega. Assim, você é capaz de gerir sua coleção de modo a consumir os vinhos de baixa longevidade antes da ação do tempo.

Categorize, em ordem decrescente, por vinhos fortificados, tintos encorpados, brancos encorpados, espumantes, tintos leves e brancos leves. Você não corre o risco de esquecer um Casas del Bosque de reserva Sauvignon Blanc por anos em sua adega, nem consumir um Barolo Pietro Rinaldi antes que atinja todo o esplendor de sua maturação ideal.

Agora que você sabe como começar uma coleção de vinhos, o que está esperando para ter a sua? Não deixe de assinar a nossa newsletter e fique por dentro das tendências e dicas sobre o universo do vinho!

Clique no banner abaixo e conheça todos os produtos da Famiglia!

Conheça todos os produtos da Famiglia!




Por
18/04/2017


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!