Afinal, o que são castas de uva?


Afinal, o que são castas de uva?

Quando alguém fala sobre seus vinhos preferidos, é muito comum que o primeiro critério seja o tipo da uva. Se são Cabernet SauvignonChardonnayPinot Noir etc.

Mas você entende exatamente o que esses nomes significam? Saberia explicar o que são castas de uva e como é feita a classificação?

Para ajudar você a aumentar o seu conhecimento, preparamos um conteúdo completo. Leia esse texto até o final e tire todas as suas dúvidas!

O que são as castas de uva?

De maneira mais simples, as castas são os diferentes perfis dos frutos e videiras que existem. Ou seja, são as variedades de uvas e seus usos. Elas podem ser para o consumo das frutas propriamente ditas ou para a produção de bebidas.

A espécie mais cultivada em todo o mundo para produzir vinhos é a Vitis Vinífera. Dentro dela estão todas as castas de uvaque podemos identificar nos rótulos das bebidas. Além das que já citamos no início do texto, também temos as Cabernet FrancMerlot, Malbec, Sauvignon Blanc e diversas outras que somam cerca de 10 mil variações dentro da mesma espécie.

Dica: Uva Pinot Noir: tudo sobre uma das cepas mais elegantes do mundo

Como é feita a sua classificação?

A classificação dessas castas depende diretamente de suas variações morfológicas e quais serão seus usos comerciais. Por exemplo, existem aquelas que produzem vinhos tintos, outras rendem excelentes espumantes. Ainda há aquelas que ficam melhores depois da podridão nobre (aparecimento de um fungo que dá características especiais de doçura e sabor à fruta) e até outras que funcionam como porta-enxerto.

Todos esses fatores interferem a produção e classificação de vinhos. Por exemplo, se serão de mesa ou espumantes, brancos ou tintos, secos ou doces.

O que influencia a qualidade de uma casta?

Existe uma expressão conhecida entre os enólogos que se refere ao triângulo de qualidade. Ou seja, os três quesitos para que aquela produção seja considerada boa: clima, solo e casta. E eles estão intimamente ligados.

Isso significa que a qualidade do solo, a temperatura local e o regime de chuvas impactarão diretamente no sucesso do cultivo daquela casta específica. A essa relação damos o nome de terroir (a pronúncia é francesa, "terruár").

Existem castas específicas para cada região?

As castas não são exclusivas de cada região vitivinícola do mundo. Mas é claro que alguns países são conhecidos por produzir bebidas com maior tipicidade em uma determinada variedade de uva. O motivo por trás disso está no fator terroir.

Isso significa que esses locais detêm as condições para o cultivo e desenvolvimento das plantas em sua melhor forma. Por exemplo, as uvas Malbec são de origem francesa. Entretanto, elas se adaptam melhor ao clima e solo da Argentina e produzem vinhos de excelente qualidade quando cultivados na América Latina.

Dica: Entenda tudo sobre a uva Chardonnay

Quais são as melhores castas do Brasil?

O Brasil tem regiões com produções de vinhos de alta qualidadepremiados internacionalmente. Isto é, o mercado nacional não deixa nada a desejar quando comparado aos rótulos do restante do mundo. Principalmente aqueles produzidos no sul do país. Merecem destaque os vinhos elaborados com as uvas Chardonnay, Cabernet Sauvignon e Merlot.

Clique no banner abaixo e confira os vinhos da Famiglia Valduga!

Adquira os vinhos da Famiglia

As castas de uva estão entre os quesitos mais importantes ao avaliar uma bebida, visto que cada uma delas produzirá um rótulo de perfil diferente. Não é justo comparar dois tipos e classificá-los como melhor ou pior. Cada um deles expressa suas particularidades de forma distinta.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe nas redes sociais e leve esse conhecimento aos seus amigos!




Por
11/10/2017


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!