Descubra agora os benefícios da pimenta para a sua saúde!


Descubra agora os benefícios da pimenta para a sua saúde!

A pimenta é um ingrediente muito usado na culinária brasileira, e está especialmente presente nos pratos do nordeste do país. Ela dá um toque especial às preparações e acentua o sabor dos alimentos. O condimento também é rico em nutrientes e, por isso, existem muitos benefícios da pimenta para a saúde.

A capsaicina — responsável pela ardência da pimenta — é a substância responsável por boa parte dessas características benéficas. A especiaria ainda tem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, que permitem o bom funcionamento do organismo, além de vitaminas e outros nutrientes essenciais à boa saúde.

Pensando nisso, preparamos este artigo para você conhecer todos os benefícios da pimenta, suas variedades e como incluí-la na dieta. Boa leitura!

Tipos de pimenta

grau de picância difere as pimentas e também determina os tipos e a quantidade de substâncias que o fruto apresenta. A capsaicina, por exemplo, é responsável pela ardência da pimenta (especialmente a vermelha) e tem ação analgésica, antioxidante e anti-inflamatória.

A piperina é outra substância importante, presente nas pimentas pretas. Ela atua como estimulante natural e influencia na absorção de selênio, vitaminas do complexo B e betacaroteno.

Confira as principais variedades de pimenta.

Pimenta-do-reino

Típica da Índia, é um tipo de pimenta preta, pouco picante e rica em piperina. Essa substância tem propriedades termogênicas e ajuda no processo de emagrecimento.

Malagueta

Muito consumida no nordeste do país, a pimenta malagueta é utilizada na preparação de diversos pratos típicos, como o acarajé. É rica em capsaicina, substância que gera a ardência do alimento.

Dica: Como são feitos os molhos de pimenta e quais os tipos mais conhecidos?

Dedo-de-moça

Tem aroma e picância suaves e é muito conhecida em todo o Brasil. Pode ser pode ser encontrada crua, em conservas, desidratada e curtida. É muito utilizada como ingrediente de molhos e sobremesas.

Biquinho

A pimenta biquinho recebe esse nome devido ao prolongamento na ponta, característico do fruto, que forma um bico. Com sabor suave e coloração vermelha, é muito consumida pura, principalmente como petisco. Também é muito utilizada em receitas leves, como carnes grelhadas e saladas.

Pimenta-de-cheiro

Por ser muito aromática, é frequentemente utilizada no preparo de peixes e frutos do mar. Seu sabor pode variar de doce a muito picante, de acordo com a cor e o nível de capsaicina presente no fruto.

Jalapeño

Com picância média, a jalapeño é uma das pimentas mais usadas nos pratos típicos mexicanos. Pode ser usada em geleias e consumida na forma de molhos, conservas, desidratada e crua.

Caiena

É um tipo de pimenta vermelha e enrugada, comum na América do Sul e Central. Pode ser consumida de diversas formas, porém, é essencial retirar suas sementes antes do preparo, pois são tóxicas.

Pimenta na alimentação

O mais tradicional é utilizar as pimentas em seu estado fresco. Dessa forma, todos os nutrientes são mantidos e você aproveita melhor os seus benefícios. Contudo, as versões que não trazem o fruto in natura devem ter um processo de fabricação bastante cuidadoso e artesanal, — com isso, seu poder nutricional não se perde durante o processamento.

Quem não apresenta sensibilidade ao fruto pode acrescentar pequenas porções da especiaria aos pratos de sua preferência (saladas, sopas, carnes, cozidos, assados, entre outros). O ideal é optar pela pimenta vermelha, que é mais nutritiva que as outras.

É importante sempre prezar pela moderação. O consumo em excesso pode causar alguns problemas gástricos, embora não existam estudos científicos que comprovem que o condimento gera distúrbios digestivos, como úlceras.

Ainda assim, a recomendação é que pessoas que têm gastrite, por exemplo, façam uso moderado do fruto. Quem tem hemorroida também deve ter cuidado, pois grandes quantidades de pimenta podem causar irritação no endotélio, resultando em veias inchadas e doloridas.

Aproveite e conheça a linha de produtos completa da Famiglia Valduga!

Conheça mais sobre os produtos da Famiglia

Benefícios da pimenta

As pimentas que apresentam os maiores benefícios são aquelas que contêm maior quantidade de capsaicina, substância presente principalmente nas vermelhas. Elas também são ricas em muitos outros nutrientes essenciais para o funcionamento do organismo.

As pimentas são fonte de vitamina C (que melhora o desempenho do sistema imunológico), vitamina E (também conhecida como antioxidante natural) e vitamina A (que tem como função principal a melhora da visão).

Conheça outros importantes benefícios da pimenta na saúde.

Facilita a digestão

Ingerir pimenta aumenta a salivação e os níveis de secreção gástrica. Com isso, seu corpo potencializa a produção de suco gástrico e enzimas, facilitando o processo de digestão.

Controla o colesterol

Outro importante benefício desse condimento é que ele atua como auxiliar na redução dos níveis do colesterol LDL no sangue. Como consequência, ocorre uma melhora na saúde cardiovascular.

Dica: Casa Madeira apresenta sua nova linha de molhos de pimenta

Previne o câncer

A pimenta atua na prevenção de diversos tipos de câncer, como de ovários, próstata e de mama. Existem alguns processos moleculares que induzem as células tumorais a pararam com o seu desenvolvimento. Acredita-se que a capsaicina ajuda a ativar esses processos e induz à morte de células cancerígenas.

Acelera o metabolismo

A capsaicina é considerada um dos melhores termogênicos naturais. A substância aumenta a temperatura corporal e faz com que as células utilizem os estoques de gordura para equilibrar a elevação do gasto energético.

Esse efeito acelera o metabolismo, promovendo a queima de gordura. É por isso que a pimenta é muito utilizada em dietas que visam à perda de peso.

Melhora o humor

O alimento estimula a produção de serotonina no cérebro, por isso, ajuda a melhorar o humor e a reduzir o estresse. Níveis muito baixos desse neurotransmissor estão relacionados com quadros depressivos e também ao maior desejo de ingerir alimentos pouco saudáveis, como doces, frituras e carboidratos refinados.

Inibe o apetite

Outro ponto interessante é que a pimenta pode inibir o excesso de apetite. Dessa forma, ela contribui para a redução da ingestão alimentar. Isso ocorre porque o condimento atua em áreas do sistema nervoso simpático que regulam esse comportamento.

Aproveite e conheça a linha de produtos completa da Famiglia Valduga!

Conheça mais sobre os produtos da Famiglia

Melhora o sistema circulatório

O grande benefício ao sistema circulatório ocorre pela ação antitrombótica devido a menor agregação plaquetária. O fruto também diminui a formação de placas que obstruem os vasos sanguíneos, auxiliando no controle dos níveis de pressão arterial e reduzindo informações.

Existem muitas formas de aproveitar os benefícios da pimenta. Uma das maneiras mais práticas são os molhos para condimentar pratos salgados e até mesmo para complementar alguns doces. Além disso, você pode experimentar uma excelente geleia gourmet de pimenta, contudo, se você aprecia sabores mais delicados ou agridoces, não deixe de provar a geleia gourmet de morango com pimenta. Pode acreditar, qualquer simples receita ganhará "cara" alta gastronomia. Por isso, escolha a variedade da sua preferência e deixe suas refeições ainda mais saborosas.

Gostou do assunto? Então, complemente a leitura e descubra como são feitos os molhos de pimenta e quais os tipos mais conhecidos!




Por
16/07/2019

Enólogo e Embaixador da Marca.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!