Vinhos no Réveillon: 3 opções para a comemoração perfeita


Vinhos no Réveillon: 3 opções para a comemoração perfeita

A noite mais aguardada do ano está chegando, o Réveillon! E muita gente já começou os preparativos para os comes e bebes da celebração do final de ano. Quando o assunto é Ano Novo, não pode faltar um clássico espumante para o primeiro brinde de janeiro, porém todo mundo sabe que só um espumante na hora da virada não faz a festa de ninguém! 

Se você está montando os preparativos para a sua festa da virada e está procurando inovar no cardápio, que tal aproveitar e servir vinhos no Réveillon? Apesar de ser uma bebida bem identificada com o inverno, o vinho possui variações que são ótimas para serem servidas em épocas mais quentes.

Neste post, vamos destacar 3 tipos de vinhos: os espumantes rosés e os vinhos brancos feitos a partir de uvas Sauvignon Blanc e Chardonnay. Confira!

CASA VALDUGA ARTE ESPUMANTE BRUT ROSÉ 12 MESES PONTO NERO ESPUMANTE BRUT ROSE KALFU BY VINÃ VENTISQUERO - KALFU MOLU SAUVIGNON BLANC CASA VALDUGA LEOPOLDINA GRAN CHARDONNAY D.O. ASA VALDUGA LEOPOLDINA TERROIR CHARDONNAY YALI BY VINÃ VENTISQUERO YALI THREE LAGOONS CHARDONNAY 

1. Espumantes Rosés

Embora não sejam campeões de vendas no Brasil (os vinhos tintos lideram o ranking no país), os vinhos Rosés são muito populares em países com tradição no consumo de vinho, como França e Estados Unidos. Alguns dos melhores rosés do planeta são produzidos nesses dois países, mais especificamente na Provence e na Califórnia. 

O Brasil também produz excelentes exemplares de espumantes rosé, que podem acompanhar a sua comemoração. O Blush Brut Rosé, da Casa Valduga, é feito seguindo o método tradicional Champenoise e maturado em caves subterrâneas para atingir suas características. Sua elegante cor rosa salmão, proveniente da delicada maceração da uva Pinot Noiracompanha perfeitamente o aromático bouquet com notas de flores secas com um toque amanteigado

CASA VALDUGA ARTE ESPUMANTE BRUT ROSÉ 12 MESES

Outro belo exemplar de espumante rosé nacional é o Ponto Nero Brut Rose. Ele é elaborado com 60% de uvas Chardonnay e 40% de Pinot Noir. Seu aroma remete a frutas vermelhas, com algumas leves nuances lácteas. Seu paladar é mais frutado e jovial.   

PONTO NERO ESPUMANTE BRUT ROSE

2. Sauvignon Blanc

A Sauvignon Blanc é uma uva francesa proveniente da região de Bordeaux. Os vinhos produzidos a partir delas tendem a sabores mais secos e refrescantes, ideais para uma noite da virada no verão. Eles são leves e acompanham muito bem pratos igualmente leves, compostos de ervas aromáticas e vegetais verdes. 

Nas vinícolas chilenas são produzidos vinhos incríveis, dentre eles o Kalfu Molu. Esse é um vinho branco seco, 100% Sauvignon Blanc, dono de uma coloração esverdeada, aroma cítrico e herbáceo e de um paladar bem equilibrado. Com acidez pronunciada apresenta um agradável frescor, e deve ser servido entre 08 e 10 graus Celsius.

KALFU BY VINÃ VENTISQUERO - KALFU MOLU SAUVIGNON BLANC

3. Chardonnay

A Chardonnay é a casta de uva branca mais popular na vitivinicultura. Bem disseminada por todas as regiões produtoras, a Chardonnay é bem versátil, dando origem a vinhos brancos secos e a espumantes. Eles combinam muito bem com carnes brancas assadas e frutos do mar, complementando a sua noite especial.

Destacamos aqui dois Chardonnay brasileiros da Casa Valduga: O Grand Leopoldina Chardonnay D.O.  e o Leopoldina Chardonnay. O primeiro possui notas frutadas, com destaque para aromas de abacaxi e carambola, de consistência notável, apresenta ampla complexidade. Também é possível destacar suas finas notas de baunilha, provenientes da passagem por barrica de carvalho francês e romeno. O segundo é mais delicado e jovial, com paladar fresco porém persistente ele é mais refrescante e leve. Ideal para uma tarde de verão. 

CASA VALDUGA LEOPOLDINA GRAN CHARDONNAY D.O. ASA VALDUGA LEOPOLDINA TERROIR CHARDONNAY 

No Chile, também se encontram bons Chardonnay, destaque para o Yali Three Lagoons. Bem potente e de paladar seco, possui aromas cítricos. Ao degustá-lo, é possível notar o equilíbrio da acidez com os demais componentes, o que garante uma experiência incrível. 

YALI BY VINÃ VENTISQUERO YALI THREE LAGOONS CHARDONNAY

Essas são algumas das nossas sugestões para servir vinhos no Réveillon. As três opções sempre são servidas em temperaturas mais baixas (entre 12 °C e 8 °C) e garantem sabor e refrescância para os convidados.

Gostou das nossas dicas? Então, deixe seu comentário, contando suas experiências gastronômicas e sugestões para outros leitores!




Por
30/12/2016


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!