Vinho e chocolate: 5 dicas para a melhor harmonização!


Vinho e chocolate: 5 dicas para a melhor harmonização!

Você, que aprecia um bom vinho, com certeza já procurou aprender um pouco sobre como harmonizar o seu rótulo favorito com algum prato. Mas já reparou que, normalmente, quando se fala no assunto o foco é em preparações salgadas? E os doces, como ficam?

Saiba que uma das combinações mais deliciosas é com vinho e chocolate. Seja sincero: juntando dois elementos como esses, tem como ficar ruim? No entanto, assim como ocorre nas harmonizações salgadas, existem alguns truques para não errar na escolha.

Ficou interessado? Acompanhe o nosso post e descubra 5 dicas para harmonizar vinho e chocolate!

1. Comece com um chocolate mais amargo

Uma das grandes dificuldades para esta combinação é a presença marcante de açúcar e de gordura do chocolate. Essas duas características envolvem as papilas gustativas de uma maneira que pode dificultar a percepção de outros sabores.

Então, o ideal é você começar com um chocolate que tenha entre 50% e 70% de cacau, ou seja, menos doce e com menos gordura.

Para sustentar o peso da guloseima, o vinho deve ser encorpado, aromático e complexo (com perfumes que vão das flores às frutas, passando pela madeira) e ter alto teor de açúcar residual. A aposta correta seria um tinto de sobremesa, que tem estrutura para entrar em sintonia com o chocolate.

Dica: Vinho Barolo: conheça a realeza dos tintos italianos

2. Aposte no vinho licoroso

Encorpado, esse vinho é fortificado, ou seja, adiciona-se álcool vínico durante o processo de vinificação. O objetivo é interromper a fermentação e manter o açúcar natural da fruta, deixando a bebida mais doce. Por conta disso, ele chega muito perto do peso do chocolate, e é uma das harmonizações mais clássicas entre a guloseima e a bebida.

Só tome cuidado para não exagerar na quantidade, pois o vinho licoroso apresenta graduação alcoólica elevada.

3. Experimente um vinho de colheita tardia

Como você pode deduzir, para produzir esse rótulo, as uvas são colhidas mais tardiamente. Assim, elas desidratam no pé, o que deixa a quantidade de açúcar mais concentrada. O resultado é um produto mais doce e denso.

Esse estilo de vinho é uma boa escolha para acompanhar um chocolate ao leite, por exemplo, pois a sua doçura entra em sintonia com o açúcar presente na guloseima.

Também chamado de “late harvest”, esse rótulo é ideal para estar ao lado dos chocolates brancos, que costumam ser mais doces e gordurosos.

Atente para a acidez, que precisa ser boa, a fim de equilibrar a untuosidade do doce.

4. Harmonize vinho tinto seco com chocolate com alta concentração de cacau

A maioria dos consumidores brasileiros prefere os tintos secos a qualquer outro estilo. Se você também é fã, fique tranquilo: eles formam uma ótima harmonização com chocolate 75% de cacau.

Nesses casos, opte por um Cabernet Sauvignon ou Syrah que tenha estágio em barril de carvalho, pois o paladar mais amadeirado vai incrementar a combinação.

Se você quiser degustar um espumante, aposte no brut feito com as uvas Chardonnay e Pinot Noir e que tenha sido vinificado pelo método Champenoise. Ele terá mais estrutura para acompanhar o chocolate.

Clique no banner abaixo e confira os vinhos da Famiglia Valduga!

Adquira os vinhos da Famiglia

5. Opte por espumante moscatel para os chocolates brancos

Outra harmonização interessante para o chocolate branco é o moscatel. Tradicionalmente mais doce, o perlage (bolhas de gás carbônico) e a acidez ajudam a “limpar” a boca da gordura e da doçura da guloseima.

Uma dica de ouro para aliar vinho e chocolate branco é escolher uma bebida que tenha passado por fermentação maloláctica, que dá um toque amanteigado ao líquido e vai muito bem com o doce.

Viu como não é tão difícil harmonizar vinho e chocolate? Basta conhecer um pouco das características do doce que você tem em mãos e escolher um rótulo que complemente a sua sobremesa. E, se você tiver dúvidas, siga as dicas deste post, que não tem erro: a experiência será de dar água na boca!

Gostou do conteúdo? Que tal assinar a nossa newsletter e ter acesso a mais materiais como este?



Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!