Tudo o que você precisa saber para preparar sua ceia de natal


Tudo o que você precisa saber para preparar sua ceia de natal

Ah, o Natal. Independentemente de suas crenças religiosas, é impossível negar que o espírito natalino é contagiante. E não é para menos! Estar próximo a toda a família é, muitas vezes, um evento único, especialmente considerando a distância e a rotina corrida. Por isso, planejar a ceia de Natal é muito importante.

Esse processo, no entanto, pode causar algumas confusões na vida de muita gente. Afinal, a ceia vai muito além da preparação de alguns pratos: ela também envolve considerável logística e é um evento que pode durar muitas horas, além de normalmente reunir muitas pessoas. Isso faz com que o planejamento seja crucial para que nada dê errado.

Não sabe por onde começar o planejamento da sua ceia natalina? Ainda dá tempo. Continue a leitura e confira tudo aquilo que não pode faltar na organização para garantir um evento inesquecível para todas as pessoas que você gosta de ter por perto. Vamos lá? Boa leitura!

Defina o seu orçamento

No mundo dos negócios, o planejamento financeiro é algo indispensável para o sucesso das empresas. Afinal de contas, é com ele que os gastos serão previstos e que o dinheiro disponível será dividido e direcionado aos setores que precisam. Esse tipo de estratégia é, portanto, vital para que tudo dê certo nesse cenário.

Por mais que a organização de uma ceia possa parecer algo muito diferente do mundo dos negócios, o planejamento financeiro aqui também é tão importante quanto em uma empresa. Com ele, você verá qual é o montante de dinheiro disponível e só a partir daí, definirá o que será feito no evento. O sentido inverso não funciona em hipótese alguma, até porque se a ideia é montar uma ceia tradicional, lembre-se que alguns produtos possuem significativo valor agregado. 

Imagine a seguinte situação: você define um cardápio, convida toda a sua família e na hora de fazer as compras percebe que o dinheiro não será o suficiente. O que pode ser feito? Desconvidar algum familiar? Mudar o cardápio de última hora? Esses pequenos erros de forma alguma farão com que o momento seja menos especial, mas concordamos que festas de final de ano servem para relaxar, e não para causar mais estresse. 

Por isso, se reúna com as outras pessoas que colaborarão financeiramente com a ceia e conversem. Coloque na ponta do lápis todo o dinheiro disponível e, a partir daí, comece a separá-lo de acordo com as áreas nas quais ele deverá ser utilizado.

O próximo passo é fazer orçamentos e por isso, vá a campo. Visite vários supermercados e lojinhas de decoração em busca dos melhores preços antes de efetuar as compras. Qualquer economia é muito importante, já que também é interessante guardar certa quantia em dinheiro para eventuais imprevistos (lembre-se de que, de uma forma ou de outra, eles sempre acontecem).

Dica: 7 dicas de vinhos para você harmonizar com sua ceia de Natal

Escolha o local da ceia de Natal

A definição do local da ceia também é algo muito importante. Embora tradicionalmente elas sejam realizadas na casa de um dos organizadores, há várias outras opções, que podem se encaixar melhor aos seus objetivos.

A primeira delas é alugar um salão para receber toda a galera. Essa alternativa é particularmente interessante caso você realize uma ceia com muitas pessoas, em caso de famílias numerosas ou até mesmo ceias específicas para o meio corporativo. Assim, é garantido que exista espaço para todos os convidados.

Outra opção é fazer a comemoração em um restaurante. Apesar de não ser muito comum, essa é uma opção viável para pessoas que não têm muito tempo ou que trabalham na noite de Natal e só podem passar poucas horinhas no jantar, mas mesmo assim não querem perder a chance de comemorar com seus queridos amigos e familiares nesse dia tão especial.

Por fim, a comemoração em residências é a alternativa mais comum e largamente difundida no Brasil. Aqui, é possível fazer uma celebração mais intimista, com gostinho de família. No entanto, essa é também aquela que dá um pouco mais de trabalho, já que a casa precisa ser preparada especialmente para esse dia.

O número de convidados, por exemplo, precisa ser condizente ao espaço de sua casa. Além disso, a decoração ficará por sua conta e, a menos que você contrate um serviço especializado, a organização dos pratos também será de sua responsabilidade. Por isso, pense bem sobre a melhor opção de local.

Faça a lista de convidados

Definido o local, é chegada a hora de fazer a lista de convidados. Para muitas pessoas, essa é uma das etapas mais complicadas na organização de qualquer evento. Embora não seja difícil, ela de fato requer uma atenção intensa e uma boa dose de sensibilidade e tato para evitar desconfortos, especialmente entre os familiares.

O primeiro passo para a lista é fazer uma predefinição. Nesse momento, é a hora de anotar todas aquelas pessoas com que você gostaria de passar um tempo nessa época, sem se apegar aos possíveis ‘’poréns’’ da história de cada uma delas. Apenas escreva os convidados que você gostaria de ter ao seu lado para celebrar o Natal.

Em seguida, chegou a hora de considerar as possíveis especificidades da situação. Como você já definiu o local de sua festa, se pergunte: quantas pessoas posso receber em minha ceia de Natal? A partir daí, faça um comparativo com sua lista inicial, e eventualmente, desconsidere alguns nomes. Fique atento as pessoas que podem levar acompanhantes, como os seus filhos e parceiros.

Logo, chega a etapa de confirmar a presença dessas pessoas e verificar quantos acompanhantes cada uma delas trará. Esteja preparado para eventuais surpresas nesse momento e saiba dialogar com seus convidados, explicando um limite máximo de pessoas que podem ser levadas com eles.

Assim, fica muito mais fácil definir os próximos passos, que serão cruciais para que todos tenham uma noite agradável com muita comida, bebidas de qualidade e diversão garantida. Portanto, definir os convidados com cautela e inteligência é fundamental para que tudo dê certo e nada saia dos eixos.

Os melhores rótulos você encontra em nossa loja virtual!
adquira os vinhos da famiglia

Pense no cardápio

Ah, o jantar. Esse é, sem sombra de dúvidas, um dos momentos mais esperados de toda a noite. Por essa razão, é necessário caprichar na definição do cardápio para garantir que todos os convidados saiam super satisfeitos e, tão importante quanto, completamente saciados. Então, vamos conversar sobre isso?

O primeiro passo para definir um bom cardápio é separar o planejamento em etapas. Pense em entradas, pratos principais e sobremesas, além, é claro, de petiscos que deverão ficar disponíveis durante toda a festa, como os antepastos. Assim, fica muito mais fácil de organizar as ideias.

Separe as receitas que você mais gostar e coloque-as na lista, preenchendo as lacunas, como se fosse uma tabela. Depois, chegará a hora de riscar algumas e escolher o seu menu definitivo, que será servido aos seus convidados na famosa ceia de Natal.

Entre os pratos escolhidos, é importante levar alguns detalhes em consideração. O primeiro deles diz respeito aos clássicos, que não podem ficar de fora, mas que devem tentar agradar ao maior número de pessoas. Outra opção bacana é pensar em pessoas que tenham, porventura, alguma restrição alimentar, seja por razão de saúde ou de filosofia de vida (como celíacos ou veganos, por exemplo).

Por isso, prepare (ou compre) alguns pratos (pelo menos um de cada tipo) livres de lactose, glúten e sem ingredientes de origem animal, apenas para garantir. Há opções muito simples e muitas receitas disponíveis na internet. Além de garantir que nenhum convidado fique sem comer, você mostrará que se importa muito com cada um deles.

Escolha as bebidas certas para combinar

Após a definição do cardápio, é necessário pensar em quais bebidas farão mais sucesso com seus convidados e, para agradar a todos os gostos, é válido considerar algumas dicas básicas de harmonização. Lembre-se que a harmonização de vinhos e outras bebidas sempre é bem-vinda, mas não tenha medo de ousar. Além de tudo, tenha em mente aquilo que sempre falamos: qualidade é algo muito pessoal, 

Escolher vinhos de boa procedência e que combinem com cada um dos pratos servidos é uma "carta na manga" para que a experiência seja a mais saborosa possível para todos. Por isso, estude um pouco sobre as principais combinações e confira o que é mais harmônico com cada uma das opções de comida.

Além dos vinhos tranquilos (aqueles que não apresentam gás carbônico em sua composição, como os vinhos tintos, brancos e roses), é necessário fornecer opções de outras bebidas. Espumantes, cervejas e outros drinques são muito bem-vindos. 

Outro fato importante é considerar aqueles convidados que não consomem bebidas alcoólicas, sejam elas crianças ou adultos. Por isso, disponibilize também refrigerantes, sucos e até mesmo chás refrescantes. Ah! E não esquecendo de algo fundamental: água. Sempre necessária em todos os momentos. 

Por fim, não se esqueça de calcular bem a quantidade necessária, sempre deixando um pouco a mais para possíveis imprevistos. Além disso, considere a necessidade de manter todas essas bebidas na temperatura adequada e veja se você tem o espaço necessário para garantir que a maior parte delas esteja refrigerada, até porque o Natal brasileiro tem calor garantido.

Dica: 6 excelentes vinhos para apreciar e presentear no Natal

Capriche na decoração

Fazer uma boa decoração de natal pode parecer um desafio, mas na realidade é uma tarefa muito simples e incrivelmente divertida. Decorar a casa pode, inclusive, se tornar um bom momento em família em que todos participam e começam a sentir o espírito natalino.

Um dos pontos principais da decoração natalina é garantir uma boa iluminação, mas sem ofuscar as famosas e clássicas luzinhas de natal, que fazem parte da magia, principalmente para as crianças. Além disso, é importante optar por lâmpadas que não esquentam o ambiente, pois como já mencionamos, o Natal ocorre em pleno verão aqui em nosso país. 

Monte uma bela árvore e capriche nos adereços da mesma. Além disso, invista em enfeites decorativos para as outras áreas da casa, como as paredes. Nelas, podem ser pendurados luzes, guirlandas ou outras opções que representem bem o clima natalino por todos os cômodos.

Lembre-se, no entanto, que a decoração não inclui apenas as paredes ou a árvore. Para celebrar o natal em grande estilo, você pode também optar por incluir itens como toalhas de mesa ou jogos americanos temáticos, levando o tema também para a mesa enquanto a ceia acontece.

Tudo isso garantirá que o clima esteja presente em todos os lugares e favorecerá os registros fotográficos e em vídeo que serão feitos durante a festa. Portanto, capriche e invista muita energia em deixar a sua casa (ou qualquer outro local escolhido) o mais bonito possível.

Vá às compras com uma lista em mãos

Tudo definido? Agora, chegou a hora de destrinchar tudo que você escolheu em listas super detalhadas. Isso evita possíveis esquecimentos e previne as indesejadas idas de última hora ao mercado ou ao shopping para efetuar compras de urgência.

Além de evitar os imprevistos e a perda de tempo desnecessária, que pode gerar muito estresse devido ao grande volume de pessoas que vão às compras logo antes da festa, essa é uma ótima forma de economizar, já que na véspera os itens estão sempre um pouco mais caros.

Por isso, seja prático. Se as receitas serão feitas por você, observe os ingredientes de cada uma delas e anote-os, criando a lista para o cardápio de refeições. Tente sempre colocar um pouco a mais, na medida do possível, caso aconteça alguma surpresa.

O mesmo vale para as bebidas, cuja quantidade deve ser minuciosamente calculada e as compras devem ser feitas com alguma sobra. Nunca se sabe quando um convidado trará um acompanhante extra ou quando alguma coisa será desperdiçada por acidente. E afinal, não queremos ter que correr para comprar bebidas próximo à meia-noite, certo?

Por fim, as decorações também devem ter uma lista só para elas, tanto para evitar esquecimentos quanto para facilitar os orçamentos e a busca por preços mais atrativos. Concordamos que economizar é sempre bom, mas para isso você precisará recorrer a lojas diferentes e pesquisar bastante, porque as ofertas são infinitas. 

Surpreenda seus convidados com as melhores bebidas. Adquira os produtos da Famiglia Valduga! 
adquira os vinhos da famiglia

Faça com que todos se divirtam

Como já foi mencionado em outros pontos de nossa conversa, a ceia vai muito além do momento do jantar. A celebração dura, muitas vezes, o dia inteiro e por isso, investir na diversão dos convidados também é extremamente importante. Afinal de contas, você não deseja que todos fiquem sentados esperando a hora de comer em silêncio, certo?

Quando estamos entre pessoas que amamos, não é difícil encontrar algo para conversar. Porém, mesmo assim, nem sempre apenas um bom papo é o suficiente para carregar um dia inteiro nas costas e uma celebração não está jamais completa sem opções para que todos se divirtam.

Invista, portanto, em opções para os mais diversos gostos. Elas podem incluir um karaokê (que pode ser alugado ou emprestado de alguém) ou jogos divertidos que incluam toda a família. Nem sempre temos tempo para curtir os bons e velhos jogos de tabuleiro ou de mímica, não é mesmo? O Natal é, portanto, a alternativa perfeita para voltar a ser criança por algumas horas e se divertir.

Além disso, é possível fazer sessões de cinema (as crianças adoram) com filmes com a temática natalina, que são apropriados para toda a família e uma ótima fonte de entretenimento. Com isso, você garante pelo menos duas horas de diversão garantida para todos.

Por fim, uma boa música ambiente é muito importante para que todos se sintam mais confortáveis. Crie uma playlist bem diversificada, com algumas músicas natalinas intercaladas. Isso fará com que os convidados fiquem mais descontraídos e o clima natalino seja instigado. 

Não deixe de considerar as crianças

As crianças são a alma de qualquer festa. Com toda a sua espontaneidade e autenticidade, os pequenos fazem a alegria de qualquer ambiente, trazendo sons, cores e muita energia. Como é muito provável que a sua ceia tenha algumas delas, é importante não as deixar de lado.

O primeiro passo para incluir a criançada é buscar adequar alguns pratos do cardápio exclusivamente para elas. Sabemos que muitas vezes, o público infantil tem um paladar diferente do que os adultos apresentam e por isso, investir em pratos coloridos e chamativos é muito importante para não os deixar de barriguinha vazia.

Além disso, organizar opções de diversão exclusivas para esse grupo é fundamental. Já mencionamos a opção do filme, mas converse com os convidados infantis para saber o que mais eles gostariam de ver durante a ceia. Algumas opções são cordas para pular, kits de desenho ou blocos de montar, dependendo da faixa etária da maioria dos convidados.

Integrar as crianças é muito importante, mas normalmente elas conseguem criar uma boa dinâmica sem a intervenção dos adultos, desde que tenham o espaço para isso. Portanto, separe um cômodo ou prepare o quintal a prova de acidentes (retirando itens que possam causar lesões), e deixe a galera brincar à vontade.

Esse zelo com os mais jovens mostrará que você realmente se importa com os seus convidados e que está interessado no bem-estar de todos eles. Se sentir acolhido é muito importante para que a ceia seja realmente incrível!

Dica: Ceia de Natal: dicas de harmonização de vinhos e carnes vermelhas

Organize um bom amigo-secreto

O amigo-secreto é outro momento muito esperado da noite da ceia de Natal. Não importa se ele é realizado antes ou depois do jantar — essa é uma preferência muito individual —, mas uma coisa é certa: essa etapa da noite não pode ficar de fora. Afinal, como podemos organizar essa brincadeira?

Para começar, é preciso definir o tema do amigo-secreto. Ele pode tanto ser livre quanto seguir uma linha específica (livros, vinhos, perfumes etc.). Converse com os convidados e observe as suas opiniões. Caso haja muita divergência, uma votação para a definição desse tema pode ser necessária.

Em seguida, será definido o valor dos presentes. Esse momento seguirá a mesma linha do anterior e deve ser feito de maneira democrática. Escolha faixas de preço (entre 30 e 50, entre 50 e 80, etc.) e peça para que os convidados escolham aquela que mais os agrada. Assim, ninguém se sentirá desrespeitado e você mostrará que leva a opinião deles em consideração.

O próximo passo é fazer o sorteio. Com o nome de todos participantes em mãos, escreva-os em pequenos papeizinhos, dobre-os e peça para que cada um dos convidados tire um deles.

Para as crianças, pode ser feito um amigo-oculto separado (com temas como cartinhas, bijuterias, brinquedos usados etc), caso a quantidade de convidados pequenos seja muito grande. Se não, converse com os pais separadamente para saber qual atitude tomar, já que eles precisarão comprar dois presentes diferentes. No geral, tente incluí-los de alguma maneira.

Registre os momentos

Por fim, a nossa última dica para a organização de uma boa festa é: registre os momentos. Afinal, toda a sua família estará reunida em uma das celebrações mais importantes do ano e as fotografias e vídeos não podem ser, em hipótese alguma, deixadas de lado.

Caso contratar um fotógrafo esteja fora de cogitação, você e seus convidados podem se encarregar dessa tarefa. Por mais que o resultado não seja exatamente profissional, ele será realmente autêntico e servirá ao propósito de fazer com que todos vocês se lembrem daquele dia por muitos e muitos anos.

Tire fotos e faça vídeos de momentos variados, como a própria ceia, a troca de presentes de Natal ou o momento das brincadeiras definidas. Outra ideia interessante é registrar a preparação da festa: embora esse não seja um momento nada glamouroso, certamente renderá boas fotos.

Ao final de tudo, é possível reunir as fotos feitas por todos e organizá-las em um álbum de fotografias. Elas podem ser impressas e colocadas em um álbum físico, como era feito antigamente, ou registradas em um domínio online que só vocês têm acesso (há algumas opções de álbuns virtuais gratuitos pela internet).

O tempo passa, mas as lembranças ficam. Por isso, esse tipo de registro é fundamental para evitar que detalhes se percam com o passar dos anos. Certamente, esse álbum trará muitas memórias incríveis e sorrisos nos rostos de todos os convidados.

E aí, gostou das dicas para a organização de sua ceia de Natal? Seguindo esses passos, é possível fazer um planejamento realmente eficaz e não cometer erros, por muitas vezes simples, mas que podem comprometer todo o evento. Lembre-se de que planejar tudo com antecedência minimiza a correria de última hora e garante o sucesso de sua festa e a satisfação dos convidados!

Para não perder nenhuma de nossas publicações, assine a newsletter. Esse passo garante que você receba todas as futuras postagens diretamente em seu e-mail e não fique de fora de nenhuma novidade. Desejamos um ótimo Natal e um próspero Ano Novo a você e toda a sua família. Até a próxima!




Por
20/12/2018

Enólogo e Embaixador da Marca.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!