Saiba tudo sobre o vinho rosé: o queridinho do momento!


Saiba tudo sobre o vinho rosé: o queridinho do momento!

Nem branco, nem tinto. Se você nunca experimentou um exemplar de vinho rosé, saiba que pode estar perdendo ótimas oportunidades de encontrar sua bebida preferida. Leves, frescos e de harmonização versátil, os rosés se transformaram na pedida certa em qualquer ocasião. 

A popularidade desse estilo de vinho aumenta a cada dia entre o público em geral. Boa parte desse disparo no consumo se deve à influência de celebridades que apostam na degustação e até na produção de renomados vinhos rosés. Outra grande parcela se deve às simples, porém elegantes, características do vinho

E se engana quem pensa que a bebida é consumida somente por um determinado grupo. É verdade que os jovens representam a maior fração dos apreciadores, mas até mesmo os fãs dos tintos do velho mundo "deram o braço a torcer" para os encantos do rosé. E você, pronto para saber tudo sobre o vinho mais querido do momento? Continue a leitura! 

Mas afinal, o que é um vinho rosé? 

As cores que variam do rosa salmão até o rosa cereja, são o resultantes de técnicas específicas, na qual o enólogo irá escolher de acordo com o objetivo final. Existem basicamente três técnicas para que a cor da casca da uva seja transferida ao vinho, salientando que para elaboração de vinhos é proibido a utilização de corantes ou aromatizantes. 

A maceração, que é a mais comum e também utilizada para a elaboração dos tintos, consiste em deixar o mosto em contato com a casca da uva. O tempo de contato determina a coloração do vinho e sua intensidade. No caso dos rosés, algumas horas já são o suficiente para resultar na bebida rosada. 

Dica: Identifique diferentes características do vinho

Outro método utilizado é o corte. Aqui, os vinhos brancos e tintos já vinificados entram em cena. Eles são cuidadosamente misturados para dar origem às colorações de perfeitos rosés

Já a última técnica é chamada de sangria. Nessa alternativa, durante a elaboração dos tintos, uma parte do suco é retirado do tanque de fermentação, ou "sangrado", sendo transferido para outro, resultando assim em um belo vinho rosé

As uvas mais comumente utilizadas na preparação desses vinhos são as clássicas Pinot NoirMerlotCabernet Sauvignon, entre outras.

Quais as características dessa bebida? 

Como é de se imaginar, os rosés são vinhos no meio do caminho entre os tintos e brancos. Eles carregam a leveza, frescor e toque frutado dos brancos ao mesmo tempo que apresentam características dos tintos, como estrutura e uma delicada adstringência.

Harmonizar essas bebidas não é tarefa complicada, uma vez que o apreciador pode escolher desde saladas até pizzas. Contudo, os rosés nos remetem as sensações semelhantes aos vinhos brancos, harmonizando muito bem pratos leves, como frutos do mar, peixes, queijos, saladas e carnes brancas.

A temperatura ideal de serviço varia de acordo com o corpo do vinho. Os mais leves vão bem à mesa entre 6°C e 8°C, já os estruturados se apresentam melhor em temperaturas que variam de 10°C a 12°C. 

Adquira os vinhos da Famiglia Valduga no banner abaixo:
Adquira os vinhos da Famiglia

Como escolher um bom exemplar de rosé? 

A maioria dos vinhos rosés é colocada à venda pouco tempo depois de serem engarrafados. Logo, suas principais qualidades devem ser de uma coloração límpida, aromas intensos uma acidez viva.

Não é rotineiro encontrar rosés de safras muito antigas, e é preciso se certificar sobre a proposta do vinho e a maneira na qual foi armazenado. Por serem bastante delicados, o ideal é que os rosés sejam consumidos dentro do período de 3 anos a partir da safra. Assim, podem ser apreciados em seu pleno estado de consumo.

O vinho rosé virou uma categoria à parte, onde pessoas de todos os gostos passaram a apreciar seus tons delicados e leves. Com uma produção cada vez mais ascendente, o vinho queridinho do momento provou que veio para ficar. Seja em um happy hour, na praia ou em um jantar a dois, o rosé é a certeza de uma boa escolha. 

E você, gostou de saber mais sobre esse estilo de vinho? Então compartilhe este conteúdo com seus amigos nas suas redes sociais! 




Por
14/06/2018

Enólogo e Embaixador da Marca.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!