Como harmonizar vinho e pratos com temperos potentes? Aprenda!


Como harmonizar vinho e pratos com temperos potentes? Aprenda!

Os temperos e especiarias fazem parte da nossa história há bastante tempo. Muito antes de Cabral chegar por aqui, os europeus já haviam desbravado o Oriente em busca de ervas aromáticas, pimentas e corantes. O uso em massa desses ingredientes se espalhou por todo mundo, e hoje quase ninguém faz um prato sem dar aquele toque especial com algum tempero de sua preferência. 

Se por um lado os temperos são fundamentais na gastronomia, na harmonização de vinhos eles são um desafio a mais. Temperos com forte aroma e sabor, como manjericão ou coentro, demandam um cuidado a mais para que o vinho não seja anulado ou brigue com o prato.

Para não errar na hora da harmonização, veja agora como combinar uma boa taça de vinho com alimentos condimentados!

Dicas básicas para uma boa harmonização

Pratos com sabores intensos e aromáticos vão muito bem com vinhos igualmente marcantes. Já os pratos mais leves devem ser acompanhados por vinhos delicados e refrescantes. Em situações em que o vinho acompanha uma carne com molho, é importante fazer a harmonização a partir do molho que será usado — afinal, é ele quem vai protagonizar o prato e deve encontrar na carne e no vinho os acompanhantes ideais. 

Dica: Vinhos e churrasco: como aproveitar ainda mais esta grande combinação!

Em receitas que levam molho de tomate, seja uma pizza, um prato de massa ou outro acompanhamento, priorize a harmonização com uvas italianas. Elas combinam perfeitamente com pratos tradicionais da região e vão trazer para a mesa o verdadeiro espírito da gastronomia do país em forma de bota. 

Mais uma dica: é preciso tomar muito cuidado com pratos picantes, já que os vinhos podem acentuar o desconforto e a queimação causada por esse tipo de tempero, devido ao teor alcoólico.

Harmonizando vinho com ervas aromáticas

As ervas aromáticas enaltecem o sabor dos alimentos e estão presentes em quase todas as receitas. Muitas vezes, para chegar ao sabor ideal, é utilizada uma combinação de vários condimentos. Então, quando isso acontecer, leve em consideração o tempero com sabor mais marcante. Leve o gostinho deste escolhido como guia para a seleção do vinho.

Algumas ervas aromáticas e como harmonizá-las: 

Manjericão

Muito usada na culinária italiana, ajuda a realçar o sabor dos tomates. Além dos tradicionais vinhos italianos, experimente harmonizar também com um Pinot Noir ou Chardonnay

Hortelã

Umas das mais importantes ervas culinárias, especialmente na cozinha árabe, combina perfeitamente com carnes e legumes cozidos.

Para pratos que destacam a hortelã, combine vinhos aromáticos e com tendência adocicada, como o Gewurztraminer. Caso sua preferencia seja os tintos, um Merlot torna-se uma bela opção. 

Alecrim

Um tempero mediterrâneo de sabor forte, o alecrim fica excelente quando preparado com aves, carne de porco, batatas, pães, etc. Vinhos produzidos à base de Cabernet Sauvignon ou Syrah equilibram bem com prato.

Se optar por utilizar o alecrim em um peixe, é melhor partir para um vinho branco de corpo leve, como um Riesling

Adquira já os vinhos da Famiglia e faça excelentes harmonizações!
Adquira os vinhos da Famiglia

Tomilho

Essa erva possui sabor bem marcante e cítrico. É preciso cuidado na hora de usá-la, pois pede vinhos tão imponentes quanto ela. Vinho encorpados e com passagem por barricas de carvalho podem ser uma ótima escolha! 

Coentro

De aroma forte e sabor um tanto exótico, essa erva costuma dividir opiniões. Muito usada na culinária mexicana e nordestina, o coentro é um excelente tempero para sopas. Tente acompanhar o sabor único desta erva com uma taça de Sauvignon Blanc ou, no caso dos tintos, um Tempranillo

Louro 

Podendo ser usadas frescas ou secas, complementa com perfeição o sabor de carnes brancas, mas acredito que todos concordem que é alma da feijoada. O sabor bem específico do louro pode ser harmonizado com Cabernet Franc ou espumantes mais secos.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o mundo mágico dos vinhos e temperos, quando será o primeiro teste? Deixe um comentário e conte para gente!

Para mais conteúdos exclusivos é só curtir nossa página no Facebook!




Por
05/06/2018

Enólogo e Embaixador da Marca.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!

Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!